ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Home

Divulgação/ABr

Ex-ministro da Fazenda, e pré-candidato à Presidência, Henrique Meirelles.

Brasília - Ex-ministro da Fazenda, o pré-candidato à Presidência da República Henrique Meirelles levantou dúvidas, ontem (15), sobre a pré-candidatura do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ) ao Palácio do Planalto. Após participar de evento sobre os dois anos do governo Michel Temer, no qual o emedebista elencou uma série de resultados da gestão, Meirelles disse que o “histórico” de votações do militar gera “insegurança” no mercado.
“O problema do Bolsonaro é o histórico de votação dele, isso também preocupa o mercado. Hoje falei com gestores dos maiores fundo de investimento do Brasil e tem preocupação. O histórico de votações dele no Congresso. É difícil. O mercado é cético de uma mudança radical, tudo que ele pensa”, disse. Meirelles também fez a mesma a avaliação das pré-candidaturas de Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede Sustentabilidade). “Ciro, por exemplo, quer acabar com a reforma trabalhista e mais outras coisas. Tudo isso é um sinal que gera insegurança”, afirmou.
Por fim, o emedebista disse que o partido tem feito pesquisas internas e defendeu com base nisso que o “potencial de crescimento” de seu nome nas pesquisas de intenção de voto “é enorme”. “Essas pesquisas (internas) mostram que o potencial de crescimento do meu nome é muito grande, quando se conhece meu histórico, todo o trabalho que eu fiz, o resultado que está acontecendo”, disse. Caso eu seja mesmo o candidato, eu terei condições de desenvolver uma campanha muito forte. Mostrando nos programas de televisão o que estamos mostrando nas pesquisas qualitativas, o resultado será similar”, afirmou (AE).

"Se todos os homens recebessem exatamente o que merecem,
ia sobrar muito dinheiro no mundo".

Millôr Fernandes (1923/2012) Jornalista brasileiro

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171