ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

Rodolfo Vasconcellos (*)

- "Você poderia me dizer, por favor, qual caminho eu devo seguir?"
- "Isso depende muito de onde você deseja chegar" (Lewis Carrol, Alice no País das Maravilhas)

Esses dias me peguei lendo um trecho do livro “Alice no País das Maravilhas”. Que livro fantástico, recheado de metáforas realmente transformadoras. Uma das mais interessantes talvez seja essa da citação acima, que nos faz refletir: “Onde você deseja chegar?”

Na época em que o livro foi publicado, em 1865, o ritmo das mudanças era muito mais lento e cada um de nós éramos vistos meramente como parte de uma engrenagem. As mudanças no mundo eram tão poucas e tão lentas que o futuro era igual ao passado. O que deu certo no passado podia ser aprendido para se dar bem no futuro. Os tempos mudaram. A globalização e a tecnologia trouxeram novos desafios e mudanças cada vez maiores e mais rápidas, na vida pessoal, profissional e nas empresas.

Todos nós possuímos algo, algum comportamento ou emoção, que desejamos mudar em nós mesmos, em nossas equipes ou empresas. Todos possuímos alguma meta, um objetivo ou um sonho que desejamos muito alcançar ou superar. Tanto na vida pessoal como na profissional, o primeiro passo para mudar ou para atingir objetivos é saber onde está no momento e onde desejar chegar. Mas não basta apenas saber “mais ou menos” onde se quer chegar.

É importante saber exatamente, se imaginar lá em todos os sentidos, de verdade. Como é o lugar onde quer você chegar? O que está você sentindo? Quais cores, cheiros, sensações deste lugar? Quem está lá com você? Não tenha vergonha... Feche os olhos e conecte-se verdadeiramente com o seu objetivo, afinal é lá que você deseja chegar, lembra?

É esse o ponto de partida para mudanças consistentes no Coaching e na Programação Neurolinguística (PNL): onde você está agora e para qual direção você está indo? Qual é situação atual e qual a situação desejada? Depois de definidos claramente o ponto de partida e o ponto de chegada, fica mais fácil dar os próximos passos.

Definido o objetivo, é fundamental determinar os valores que te guiarão durante esta jornada. Cada um de nós possui seu próprio conjunto de valores e, independentemente de quais eles sejam, correspondem ao nosso modo de se relacionar com as outras pessoas e com o mundo à nossa volta. Pode ser família, trabalho, dinheiro, lealdade, liberdade, etc. Neste momento cada um deve olhar para dentro de si e refletir o que realmente é importante e o que precisa levar consigo para esta caminhada.

As perguntas a se fazer neste passo são: Por que você está indo? Quais os valores que te guiam? Não existe certo ou errado, bom ou ruim, apenas aquilo que te fortalece no momento ou situação adequada.
O terceiro passo para atingir mudanças ou alcançar objetivos é determinar: Como chegarei lá? Qual será sua estratégia para a jornada? Somente após definir onde quer chegar e quais os valores que te guiarão é que você poderá traçar as estratégias para atingir seus objetivos e sonhos.

E como nenhum plano é infalível, o quarto passo é: E se algo der errado? Pode ser que sua estratégia ou plano tenham sido superdimensionados ou algumas variáveis não tenham sido levadas em consideração anteriormente. Não tem problema. Se alguma coisa der errado, tenha sempre um plano de gerenciamento de risco e um planejamento de contingências. O que isso significa? Significa ter plano B e estar preparado para eventualidades.

Não mude o objetivo, mude a estratégia e persista. Imaginou se um time de futebol desistisse do campeonato assim que perdesse o primeiro jogo? Ser flexível e mudar a estratégia para alcançar o objetivo é um dos segredos do sucesso em todas as áreas. Espere sempre o melhor, mas esteja preparado para qualquer coisa. Assim você raramente será pego de surpresa e estará preparado para enfrentar os desafios.

Para cada importante passo, o Coaching lança mão de uma série de ferramentas para auxiliar neste processo de mudança, aumento de performance e obtenção de resultados. O papel do Coach é ajudar a pessoa, o líder ou o empreendedor a dar cada um desses passos, iluminando os pontos cegos e abrindo novas perspectivas. O objetivo de cada Coach é fazer com que seu ‘Coachee’ (aquele que recebe o Coaching), ao final do processo de Coaching, seja autossuficiente após descobrir que todos os recursos para conquistar seus objetivos sempre estiveram dentro de si mesmo.

Qual caminho você deve seguir? Isso depende muito de onde você deseja realmente chegar!

(*) - É Coach, Empreendedor e Analista Comportamental (O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171