Marun se diz um soldado de Temer ao assumir Secretaria

O novo ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun (PMDB-MS), tomou posse do cargo na sexta-feira (15), no Palácio do Planalto, em substitruição a Antônio Imbassahy (PSDB-BA), que comandou a pasta desde fevereiro e agora vai retomar seu mandato de deputado federal.

Dirigindo-se a Temer, Marun colocou-se como um “soldado” a serviço do presidente.
“Vejo no senhor um homem determinado a fazer aquilo que o Brasil precisa. Afirmo que serei e sou, a partir desse momento, um soldado sob o vosso comando em sua árdua luta para fazer do vosso país um país melhor para todos os brasileiros”, discursou Marun. Vários ministros, líderes partidários, prefeitos de municípios de Mato Grosso do Sul, embaixadores e parentes do ministro também participaram da posse.
Marun afirmou que, em três anos de experiência no Congresso, conquistou a confiança dos parlamentares da base de apoio do governo e o respeito da oposição. Em seu discurso, ele reconheceu que a reforma da Previdência é o maior dos desafios entre os projetos da atual gestão. O ministro disse que acredita no “senso de responsabilidade” do Congresso para votar a reforma e que a aprovação da proposta pode contribuir para viabilizar a economia do país e fazer 2018 “um momento histórico de crescimento” (ABr).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP