Contato: (11) 3043-4171

‘Está na moda falar do caso Odebrecht’, diz Papa

Em entrevista coletiva durante sua viagem de volta a Roma, o papa Francisco voltou a mencionar os escândalos de corrupção na América Latina, tema recorrente durante sua visita ao Peru, e afirmou que “está na moda” falar do “caso Odebrecht”.

Essa foi a primeira vez que o líder da Igreja Católica citou explicitamente o nome da construtora brasileira, acusada de pagar propinas em vários países do subcontinente, da Argentina ao México, passando por Brasil, Colômbia, Equador, Panamá, Peru, entre outros.
“Historicamente, o progresso da corrupção mostra que, em alguns países da Europa, há corrupção; na América Latina, há muita corrupção. Está na moda falar do caso Odebrecht”, disse Francisco em seu voo entre Lima, capital peruana, e Roma. “Eu digo: pecadores, sim, corruptos, não. A corrupção vai viciando alma e corpo. É a destruição da pessoa”, declarou o Papa, que não eximiu o setor privado e até mesmo a Igreja da corrupção.
“O político tem muito poder, mas o empresário também tem. E o empresário que paga é corrupto. Também há homens e mulheres da Igreja que entraram no jogo da corrupção”, acrescentou. A viagem do Pontífice ao Peru ocorreu menos de um mês depois de o presidente do país, Pedro Pablo Kuczynski, acusado de receber propina da Odebrecht, ter se livrado de um processo de impeachment por apenas oito votos, graças à abstenção de aliados do ex-mandatário Alberto Fujimori, que receberia um “indulto humanitário” dois dias mais tarde (ANSA).

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171