Contato: (11) 3043-4171

Jogar videogame estimula a saúde mental e física na terceira idade

Estudos recentes desenvolvidos no Canadá e nos Estados Unidos comprovaram que os videogames são capazes de melhorar a saúde mental e física nos idosos.

Jogar temproario

Os jogos de videogame estão sendo usados em tratamentos de pacientes com Acidente Vascular Encefálico (AVE) e Parkinson. Foto: Reprodução/Internet

De acordo com a Dra. Aline Thomaz, geriatra da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, é possível expandir capacidades mentais com a ajuda de jogos interativos, como retardar o processo de perda de memória e evitar a demência.
“Os jogos de videogame estão sendo usados em tratamentos de pacientes com Acidente Vascular Encefálico (AVE) e Parkinson e têm alcançado excelentes resultados na reabilitação. Mesmo com habilidades prejudicadas pela doença, os pacientes tiveram seu desempenho e suas demandas cognitivas e motoras melhoradas por meio do treino e com o auxílio da realidade virtual”, explica.

Isso acontece porque os jogos de videogame funcionam como instrumentos de modulação cognitiva por meio de alterações bioquímicas e na estrutura do cérebro. Entre as áreas estimuladas, está a temporal, que está relacionada à memória e à aprendizagem, e que também aumenta o fluxo sanguíneo dos lobos frontal e pré-frontal ligado à tomada de decisões, ao controle motor e à atenção.

“Ao exercitar-se por meio dos movimentos típicos de cada esporte simulado, o videogame interativo propicia à pessoa idosa a oportunidade de melhorar o seu condicionamento físico, força e equilíbrio, além de elevar a sua autoestima e o reconhecimento social”, aponta a médica. Já para os idosos saudáveis, a especialista explica que o videogame pode propiciar excelentes resultados no controle da marcha – considerando velocidade e habilidade para andar - e no declínio cognitivo.

“Não há dúvida de que esses jogos podem ser extremamente úteis na busca de um envelhecimento ativo e saudável”, reforça a Dra. Aline Thomaz. Os jogos de videogame que comprovaram os benefícios são: Genius, Pong, memória, moeda, Nintendo Wii, Brain Age, Mindfit e Brain Fitness Program.

Fonte: Rede de Hospitais São Camilo

Brasil tem 2.425 casos confirmados de sarampo

Brasil temproario

Ministério da Saúde vai intensificar a campanha de vacinação para prevenção de novos casos da doença. Foto: Marcelo Camargo/ABr

Agência Brasil

Até o último dia 22, 2.425 casos de sarampo foram confirmados no Brasil, sendo 2 mil no Amazonas e 332 em Roraima. Os dois estados registram ainda um total de 7.674 casos em investigação. De acordo com o Ministério da Saúde, casos isolados da doença foram confirmados em São Paulo (3), no Rio de Janeiro (19), no Rio Grande do Sul (43), em Rondônia (2), em Pernambuco (4), no Pará (17), no Distrito Federal (1) e em Sergipe (4).

O levantamento mostra que, até o momento, 12 mortes por sarampo foram confirmadas no país, incluindo quatro em Roraima (três estrangeiros e um brasileiro), seis no Amazonas (todos brasileiros, sendo três de Manaus, dois do município de Autazes e um do município de Manacapuru) e duas no Pará (indígenas venezuelanos).

Em nota, o ministério informou que, de janeiro a outubro, encaminhou o quantitativo de 13,2 milhões de doses da vacina tríplice viral – que protege contra o sarampo, a caxumba e a rubéola – para os seguintes estados: Rondônia, Amazonas, Roraima, Pará, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Sergipe e o Distrito Federal. O objetivo, segundo o ministério, é atender à demanda dos serviços de rotina e a realização de ações de bloqueio, intensificação e campanha de vacinação para prevenção de novos casos da doença.

Pesquisadores encontram cinco esqueletos em Pompeia

Os restos mortais de cinco pessoas, possivelmente duas mulheres e três crianças, foram descobertos por pesquisadores do Parque Arqueológico de Pompeia, no sul da Itália. Segundo os arqueólogos, o grupo se refugiou em um dos cômodos da casa localizada na área conhecida como "Regio V" do sítio histórico, na tentativa de fugir da tempestade de cinzas que atingiu a cidade em 79 d.C., após uma erupção do vulcão Vesúvio.

"É uma descoberta chocante, mas também muito importante para a história dos estudos", diz o diretor-geral do parque, Massimo Ossana. Os esqueletos foram encontrados na mesma casa em que uma inscrição a carvão fez os pesquisadores revisarem a data do desastre de agosto para outubro de 79 d.C.

De acordo com os pesquisadores, a casa passava por uma reforma, mas ainda estava habitada. "Nas horas finais, as cinzas já haviam invadido toda a parte, inclusive a rua da casa. A fumaça já estava em todo o lugar. A porta do quarto estava bloqueada e o telhado colapsou em muitos cômodos da casa", explica Ossana. O quarto escolhido como abrigo pelo grupo foi o último a perder o teto por causa da tempestade. "Eles se trancaram lá, na esperança de que aquele seria um local seguro", relata o diretor-geral (ANSA).

Mostra em Roma apresenta um Picasso pouco conhecido

Mostrra temproario

Inspirado pelas mulheres que amou, Picasso supera a linguagem tradicional da escultura. Foto: ANSA

Rostos e corpos femininos, animais, figuras abstratas, fragmentos e objetos, em uma contínua desconstrução que traduz um pensamento revolucionário. Apresentando um Pablo Picasso pouco conhecido, a Galleria Borghese, em Roma, recebe desde ontem (24) mais de 50 trabalhos realizados pelo gênio espanhol entre 1905 e 1964.

Com o nome "Picasso. A escultura", a mostra vai até 3 de fevereiro e é a primeira na Itália dedicada a esse aspecto da produção do artista, ressaltando seu espírito inovador, com o uso de materiais diversos, como madeira, cerâmica e bronze. Inspirado pelas mulheres que amou, Picasso supera a linguagem tradicional da escultura.

Suas reflexões, transtornos e evoluções são claramente visíveis em "Cabeza Femenina" (1909), a primeira escultura cubista e concebida para ser observada de diferentes pontos de vista, superando a convencional visão frontal. O espanhol se abriu à abstração mesmo através da escultura, além de ter estabelecido forte relação com o passado, desde a arte clássica até a africana.

Grande parte do fascínio da mostra se concentra no contraste entre a revolução de Picasso e as obras da Galleria Borghese, que vão desde a antiguidade até a Idade Moderna. "Picasso criou um diálogo físico direto com a arte antiga, a devorou e reconstruiu, a transformando em outra coisa. Agregou então a ironia, o que rompe com a retórica da escultura clássica", explicou Anna Coliva, curadora da exposição e diretora do museu romano (ANSA).

A valorização dos agricultores na produção de cacau

Agência Brasil

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, disse ontem (24), em São Paulo, após participar de encontro promovido pela World Cocoa Foundation, que a pasta vem fazendo "grande esforço" para que o Brasil volte a liderar a produção mundial de cacau. “Ninguém vai produzir cacau porque acha bonito. Tem que produzir para ganhar dinheiro. Todo mundo lá no campo tem que ser remunerado e quem é do topo dessa cadeia e não percebe isso, vai matar seu maior parceiro, que é o produtor rural, e não vai ter futuro”, afirmou.

A produção brasileira de cacau alcança, atualmente, 180 mil toneladas ao ano, menos da metade da produção no final da década de 1980, quando o país ocupava a primeira colocação no ranking mundial, com 400 mil toneladas. O ministro estimou aumento de 50% na produção brasileira do produto nos próximos cinco anos, passando a 300 mil toneladas anuais. Para os próximos 10 anos, o ministro prevê um crescimento de 100%.

De acordo com o ministro, é preciso realinhar políticas públicas e de gestão como a oferta de assistência técnica pelos governos estaduais. "Houve um desmantelamento dessa cadeia como um todo e perdeu-se também a questão da assistência técnica. Mas, agora, constatado o problema, refazendo as questões, esperamos que as mudanças de governo não venham atrapalhar programas muito importante que temos”, disse, em relação a sua expectativa quanto ao sucessor no cargo.

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171