“Forever Young”

Sucesso de público, em cartaz desde 2016 e indicado aos principais prêmios em 2017, a comédia musical “Forever Young” chega para nova temporada com inicio no próximo dia 19

Cena do musical “Forever Young”.

No elenco, Saulo Vasconcelos, Janaina Bianchi, Rodrigo Miallaret, Naima, Marcos Lanza, Nany People e Miguel Briamonte (piano ao vivo). De forma bonita, poética e bem-humorada, a peça apresenta seis grandes atores que representam a si mesmos no futuro, quase centenários. Apesar das dificuldades eles continuam cantando, se divertindo e amando. Tudo acontece no palco de um teatro, que foi transformado em retiro para artistas, sempre sob a supervisão de uma enfermeira. Quando ela se ausenta, os simpáticos senhores se transformam e revelam suas verdadeiras personalidades através do bom e velho rock’n’roll mostrando que o sonho ainda não acabou e que eles são eternamente jovens.  A comédia musical consegue relatar não apenas o problema da exclusão social na “melhor idade”, mas também aborda questões sobre a velhice com muito humor e músicas que marcaram várias gerações. Os hits são sucessos do rock e pop mundial de diversos anos, passando pelas décadas de 50, 60, 70, 80 até chegar aos anos 90. Músicas que são verdadeiros hinos como I Love Rock and Roll, Smells Like a Teen Spirit, I Will Survive, I Got you,babe,Roxanne, Rehab, Satisfaction, Sweet Dreams, Music, San Francisco, California Dream in, Let It Be, Imagine, e a emblemática Forever Young. Já o repertório nacional conta com canções como Eu nasci há 10 mil anos atrás de Raul Seixas, Do Leme ao Pontal de Tim Maia e Valsinha de Chico Buarque.

Serviço: Teatro Fernando Torres, R. Padre Estevão Pernet, 588, Tatuapé, tel. 2227-1025. Sextas às 21h30, sábados às 21h e aos domingos às 19h. Ingressos: Sextas, R$ 60 e R$ 30 (meia), sábados e domingos R$ 70 e R$ 35 (meia). Até 25/03.

REFLEXÃO

Seu Tempo
Seu tempo é limitado, então não perca tempo vivendo a vida de outro. Não seja aprisionado pelo dogma ,que é viver com os resultados do pensamento de outras pessoas. Não deixe o barulho da opinião dos outros abafar sua voz interior. E o mais importante, tenha a coragem de seguir seu coração e sua intuição. Eles, de alguma forma, já sabem o que você realmente quer se tornar. Tudo o mais é secundário.
Steve Jobs

Intolerância

Cena de “Mártir”.

Benjamim não quer mais frequentar as aulas de natação na escola. Sua mãe acha que ele está usando drogas ou tem conflitos com seu corpo. Mas, na verdade, o jovem encontrou Deus, e as aulas mistas ofendem os seus princípios religiosos na peça “Mártir”. Fundamentalismo e intolerância são os principais temas desta provocadora peça, que também questiona: até onde somos capazes de chegar para aceitar a fé do outro? Quando devemos impor as nossa próprias crenças?

Serviço: Teatro Cacilda Becker, R. Tito, 295, Lapa, tel. 3864-4513. Sextas e sábados às 21h e aos domingos às 19h. Entrada franca. Até 04/02.

Comédia

“Entre! A Porta está Aberta”.

“Entre! A Porta está Aberta” conta a história das irmãs Guta e Flora, as duas com mais de 65 anos, que moram em cidades diferentes e não se veem com frequência. Um dia, Flora aparece avisando que veio para ficar apenas uma semana na casa da irmã Guta. A semana se transforma em meses e num resgate cômico e por vezes emocionante, as irmãs trazem à tona revelações e segredos do passado nunca antes revelado, tornando o duelo verbal dinâmico e poético. Com Emerson Grotti, Gabriela Gama, Gabriela Rabelo, Glória Rabelo e Guilherme Araújo.

Serviço: Teatro Itália, Av.Ipiranga, 344, República, tel. 3255-1979. Sábados às 18h. Ingresso: R$ 60. Até 17/03.

“Papo com o Diabo”

Comemorando 40 anos de carreira, o ator Eduardo Martini reestreia no dia 11 de janeiro o espetáculo “Papo com o Diabo”. A peça marca a primeira parceria de Eduardo Martini com o diretor Elias Andreato, dois grandes talentos das artes cênicas, após anos tentando esse encontro. O espetáculo é o primeiro texto do jornalista e crítico teatral Bruno Cavalcanti, estreando nos palcos, em um texto escrito especialmente para Martini. A peça narra a história de um personagem milenar e enigmático da história da humanidade, o Diabo em pessoa, de carne e osso. A comédia conta com cenas hilárias, em que o capeta se defende das acusações que vem recebendo ao longo de milênios e, o mais importante, contestar sua participação nas mazelas do mundo, propondo questionamentos acerca da natureza humana.

Serviço: Teatro Itália, Av. Ipiranga 344, República, tel. 3255-1979. Quintas às 21h. Ingressos: R$ 60 e R$ 30 (meia). Até 22/02.


Mais Lidas