ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

“Bichos de Cá”

O espetáculo “Bichos de Cá”, do grupo Nhambuzim. O musical infantil conta sobre as espécies da fauna brasileira a partir de manifestações da cultura popular, misturando folclore e questões de meio ambiente

Espetáculo “Bichos de Cá” - Grupo Nhambuzim.

Com repertório completamente autoral, para cada bicho, uma canção no ritmo musical característico da região onde ele vive. Atravessando o Pantanal, as crianças descobrem os hábitos da arara-azul e o cardápio do jacaré pelos ritmos da guarânia e do chamamé. Na Amazônia, conhecem o carimbó com a dança do peixe-boi e mergulham na noite da floresta ao som do lundu marajoara, fugindo da sucuri. Quando adentram o sertão, enrolam a língua com o coco do tatu e sentem as vibrações dos tambores do maracatu com um jabuti sonhador. Ao chegar ao Sudeste, são guiadas para a Mata Atlântica pelo jongo do macaco muriqui, depois para o Cerrado pela congada do lobo-guará.

Serviço: Caixa Cultural São Paulo, Praça da Sé, 111, Centro, tel. 3321-4400. De quinta (5) a segunda (9) às 9h Entrada franca.

REFLEXÃO

Tenha fé
Toda a mudança é para melhor. Não existe algo como “mudança para o pior.” A mudança é o processo da Vida em Si, e esse processo pode ser chamado pelo nome de “evolução.” E a evolução caminha em uma única direção: para a frente, e na direção do desenvolvimento. Então, quando a mudança visitar sua vida, você pode estar certo que as coisas estão mudando para o melhor. Pode não parecer assim no momento exato em que a mudança chega, mas se você esperar um tempo e tiver fé no processo, verá que isso é verdade. Neale Donald Walsch

Lançamento

Cícero inicia  turnê de lançamento de “Cícero & Albatroz.

Após três discos, Canções de Apartamento (2011), Sábado (2013) e A Praia (2015), onde o compositor dirigiu e produziu os arranjos, Cícero apresenta seu quarto disco de inéditas “Cícero & Albatroz”. O lançamento é um disco de banda construído em cima de suas composições e, assim como os arranjos, a temática do disco se afasta do tom introspectivo dos trabalhos anteriores e cria uma imagem ampla das cidades em contraste com os indivíduos. O resultado é um novo começo após encerrada a trilogia iniciada em 2011. Seguindo na contínua busca que marca sua obra, Cícero & Albatroz é uma nova abordagem para sua música, um novo resultado artístico que, dessa vez, foi construído por muitas mãos. “Cícero & Albatroz” está disponível em todas as plataformas digitais e o disco físico está disponível aqui (www.cicerorosalins.com/site).

Serviço: Casa Natura Musical, R. Artur de Azevedo, 2134, Pinheiros. Sexta (13) às 20h30. Ingressos: De R$ 60 a R$ 120.

MPB

Sozinha no palco com o violão, quase na sua intimidade, Zélia Duncan apresenta seus maiores sucessos no show “O lado bom da solidão”, como “Catedral”, “Lá vou eu”, “Alma” e outras canções de seu repertório afetivo e de sua trajetória.O show é a possibilidade de estar acompanhada de um público que goste de imaginar que estava presente quando as canções foram feitas e, tem como conceito, a proximidade entre artista e plateia.

Serviço: Teatro Porto Seguro, Al. Barão de Piracicaba, 740, Campos Elíseos, tel. 3226-7300. Terça (17) às 21h. Ingressos: R$ 120 e R$ 160.


“A Vida dos Salmões”

Destinada a crianças e adolescentes, a peça faz uso da técnica de sombras e projeção, com música ao vivo.

A peça “A Vida dos Salmões” da Cia La Gestual traz pela primeira vez ao Brasil um texto de Itziar Pascual, dramaturga espanhola conceituada em toda Europa, com uma obra extensa, vencedora do 16º SGAE Children’s Theatre Award com a dramaturgia de La Vida de los Salmones. O espetáculo conta uma história que se passa no mundo da imaginação e dos sonhos. Adrienne é uma adulta, que faz inúmeros esforços para que Aura, uma menina de sete anos, consiga dormir. Aura vê monstros, ogros e perguntas na parede todas as noites, mas se tranquiliza depois que Adrienne lhe conta estórias e entoa canções de ninar. Aura e Adrienne estão sempre acompanhadas de uma bailarina, personagem etéreo que cuida dos sonhos e luta com monstros e tempestades. Durante sete dias, no verão, entre o anoitecer e amanhecer, uma narrativa poética mistura o mundo da fantasia com a realidade do cotidiano das personagens, e fala sobre o cuidado que recebemos e que desejamos um dia retribuir. Com Ângela Perini, Elisa de Oliveira e Lúcia Kakazu.

Serviço: Sesc Santana, Av. Luiz Dumont Villares, 579, Jd. São Paulo. Domingos às 14h. Ingressos: R$ 25 e R$ 12,50 (meia). Até 29/07.


Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171