ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

“A Gaiola”

A bem-sucedida adaptação teatral do livro infantojuvenil “A Gaiola”, de Adriana Falcão, que foi indicada pela obra ao Prêmio Jabuti de Literatura em 2014 volta para mais uma temporada a partir do dia 08

Foto: Guga Melgar

gaiola temporario

Trata-se de uma peça que conta uma história de amor e separação entre uma menina (Carol Futuro) e um passarinho (Pablo Áscoli) que cai ferido na varanda de sua casa. Ela passa a cuidar do passarinho e eles se apaixonam. Quando chega a hora da despedida, ele mesmo pede para que ela o prenda em uma gaiola. Certo dia, a menina flagra o pássaro encantado com a beleza do dia lá fora e uma crise se instaura entre os dois. A tentativa de aprisionar o amor é inútil e os dois chegam a uma importante conclusão. “É uma história que aborda temas delicados, mas fala também de reinvenção e novas possibilidades, de uma forma lúdica, carregada de humor e lirismo”, define a autora. Com Carol Futuro e Pablo Áscoli.

Serviço: Teatro Vivo, Av. Doutor Chucri Zaidan, 2460, Morumbi. Sábados e domingos às 15h. Ingresso: R$ 40. Até 30/09.

REFLEXÃO

Ternura
É tão sutil e importante, que alenta a vida. Muitas criaturas a negam, porém não a dispensam. Tímida, faz-se quase imperceptível, todavia emoldura e mimetiza quem a doa, quem a recebe. Transparece num olhar, como uma estrela num céu atapetado de astros; exterioriza-se, num sorriso como uma canção tocada numa harpa à distância; irradia de uma palavra, qual o vôo de uma ave grácil no espaço azul; dilata-se, num silêncio qual solau interrompendo uma melodia trazida pela brisa; fala sem voz, atua sem mão, brilha sem luz... Ternura é alma e é coração. Espontânea, não pode ser imposta; livre, não se expressa subalterna; santa, não corrompe, nem se corrompe. Faz muita falta a ternura na Terra! Não impõe interesses mesquinhos nem fiscaliza paixões. Brota como uma flor que explode de um botão aos ósculos do Sol. A ternura propõe harmonia, e, quando chega, apazigua. Emoldura a alma com o amor puro, fecundado nas santas intenções e descobrirás a ternura exteriorizando-se de ti e a ti retornando, por ser a mais forte expressão que traduz elevação do espírito. Se não vige assim eis que o sentimento nutrido está intoxicado: ainda não é amor. Ternura é bênção - frui-a sob a inspiração do amor que deves enternecer, a fim de facilitar a quem amas.
(De “Heranças de amor”, de Divaldo P. Franco, pelo espírito Eros)

Mistério

Foto: Otávio Dantas

misterio temporario

Sem nenhum motivo aparente pessoas começam a ir embora, sem explicações. Parecem ter sido sequestradas ou mortas, mas nada é muito claro. Uma mulher procura entender o que está acontecendo, seu marido a acompanha nesta busca. O mundo ao redor deles caminha para uma completa desestruturação, e ela mergulha cada vez mais em uma angústia sem solução onde o suspense é cada vez mais crescente. O clima de mistério permeia o espetáculo “Refúgio”, de Alexandre Dal Farra, que volta em cartaz para temporada em 12 de setembro. Na trama, nada se explica completamente. A linguagem lacunar das personagens não se deve às suas características psicológicas, mas sim a uma indefinição objetiva da própria realidade. A peça flerta com o ambiente do Cinema Noir de diretores como Alfred Hitchcock e com o Teatro do Absurdo de Samuel Beckett. A ideia é explorar em cena duas concepções diferentes de refúgio para discutir a desestruturação simbólica do cotidiano. Com Fabiana Gugli, Marat Descartes André Capuano, Carla Zanini e Clayton Mariano.

Serviço: Teatro Sérgio Cardoso, R. Rui Barbosa, 153, Bela Vista, tel. 4003-1212. Terças e quartas às 19h30. Ingresso: R$ 50. Até 3/10.

 

Infantil

Foto: 

A Palhaça Rubra apresenta seu show de variedades musicais interativas. Interpretada pela musicista, arte-educadora, diretora e escritora Lu Lopes, palhaça há 26 anos, as apresentações da Palhaça Rubra misturam improviso e trazem no repertório alguns dos maiores hits de sua carreira como, Eleva o Tórax, Miniminimá, Planta Seu Pé no Planeta, entre outros. Acompanhada por Álvaro Lages (guitarra) e o Danilo Dal Farra (bateria) as canções ganham a interpretação excêntrica e peculiar da artista, que acrescenta sua digital bem humorada e poética. A plateia acompanha a palhaça em coreografias conduzidas. Também há espaço para muita improvisação.

Serviço: Teatro Porto Seguro, Al. Barão de Piracicaba, 740, Campos Elíseos, tel. 3226-7300. Sábado (08) e domingo (09) às 15h. Ingressos: R$ 40 e R$ 60.

Língua natal

Neste show Ritchie vem acompanhado pelo grupo Blacktie (Fábio Tagliaferri, Mário Manga e Swami Jr. e Tuco Marcondes, em participação especial), o mesmo com quem gravou o álbum Old Friends: The Songs of Paul Simon, lançado em Julho de 2016. O show tem percorrido várias cidades e o álbum se esgotou em seis meses. O CD foi indicado ao Prêmio da Música Brasileira, língua estrangeira. O cantor e compositor interpreta músicas do repertório de Paul Simon, canções como The Sound of Silence, 50 ways to leave your lover, Mrs. Robinson e Bridge over Troubled Water. Os arranjos são impecáveis e geniais. Ritchie mostra sua voz em sua língua natal.

Serviço: Tupi or Not Tupi, R. Fidalga 360, Vila Madalena, tel. 3813-7404. Sexta (07) às 21h. Ingresso: R$ 80.

NOTA

Faltando pouco menos de um mês para o lançamento de seu novo DVD ao vivo, produzido pela Circuito Musical, Toquinho apresenta o vídeo da música “Tarde em Itapoã”. O clipe foi extraído do registro que chega às lojas em CD e DVD no final de setembro pela gravadora Deck. A gravação contou com a participação do cantor Paulo Ricardo. Comemorando seus 50 anos de carreira, o registro foi feito durante um show especial no Teatro WTC (São Paulo), em março de 2016. Nele estão os maiores sucessos do instrumentista, cantor e compositor interpretados ao vivo. O repertório é composto por 14 músicas, que transitam em diferentes fases dessas cinco décadas. Toquinho foi acompanhado pelos músicos Ivâni Sabino (baixo), Pepa D’Elia (bateria), Nailor Proveta Azevedo (clarinete e sax alto) e Guga Machado (percussão). Para assistir: (You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video).

embed video powered by Union Development

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171