Contato: (11) 3043-4171

Show celebra centenário de Edith Piaf

anne temporario

Canções de sucesso, interpretadas por Anne Carrere.

Inspirado no filme vencedor do prêmio La Môme e grande sucesso em todo o mundo, “Piaf! O Show” conta a incrível história de vida e da carreira da inesquecível diva da música Edith Piaf através de todas as suas canções de sucesso, interpretadas pela voz de Anne Carrere. O espetáculo é composto por dois atos de 45 minutos. O público é levado a uma viagem pelas ruas de Montmartre e Olympia Salão ambientada na Paris de 1950 e no melhor clima “La Vie en Rose” (o maior sucesso da diva). Fotos e imagens inéditas de Edith Piaf, bem como a tradução em Inglês das letras para melodias contando as histórias de Edith, serão compartilhadas através de um audiovisual inovador. O show faz parte da comemoração oficial do 100º aniversário do nascimento de Edith Piaf, cujo evento será realizado em dezembro de 2015 em Paris.

Serviço: Teatro Bradesco,
R. Turiassú, 2100, Pompéia, tel. 3670-4100. S
exta (20) e sábado (21) às 21h e domingo (22) às 20h.
Ingressos: De R$ 100 a R$ 240.

 

MPB

No show Marina de la Riva canta Dorival Caymmi, a cantora homenageia o grande compositor baiano em seu centenário, cantando algumas de suas obras. Serão interpretadas algumas canções de amor, folclóricas, do mar, toadas e sambas como: É doce morrer no mar, Vestido de bolero, Acalanto, Você não sabe amar, entre outras.

Serviço: Teatro Gazeta,
Av. Paulista, 900, Cerqueira César, tel. 3253-4102.
Quarta (25) às 19h30.
Ingresso: R$ 40.

 

Mágicos

Isso Não é Uma Ilusão, reune três dos principais mágicos do Brasil para produzir um espetáculo totalmente novo e bem humorado. Os mágicos Cláudio Grassi, Ortega e Wagner Messa interagem no palco e a todo momento o público é convidado para participar das ilusões e entrar em um mundo de diversão e mágica. Dirigido por Ozcar Zancopé, o show embarca no formato stand-up, já consagrado no humor, para aliar interpretações e mágicas ao promover um diálogo constante com o público.

Serviço: Teatro Livraria da Vila (Shopping JK Iguatemi),
Av. Juscelino Kubitschek, 2041, Vila Olímpia, tel.  5180-4790.
Sexta (20) às 20h.
Ingresso: R$ 60.

 

Balé da Cidade de São Paulo

Estreia da temporada 2015 do Balé da Cidade de São Paulo. O programa “Brasileiros”, reune três coreografias inéditas, assinadas por ex-integrantes do grupo: “Árvore do Esquecimento”, de Jorge Garcia, “Cenas a 37”, de Alex Soares e “Fio da Meada”, de Gleidson Vigne. Árvore do Esquecimento - Jorge Garcia, é inspirado no Livro e Documentário Pedra da Memória, de Renata Amaral, que traz diálogos de algumas festas populares de Pernambuco e Maranhão tendo sua origem no Benin, onde descendentes de escravos africanos aportaram em nossas terras.Com, Camila Ribeiro, Irupé Sarmiento, Joaquim Tomé, Manuel Gomes, Marisa Bucoff, Rebeca Ferreira, Renata Bardazzi, Victor Hugo Vila Nova, Wagner Varela. Fio da Meada - Gleidson Vigne, questiona os desejos e objetivos da vida, perguntas para as quais não temos respostas imediatas, mas que ao mesmo tempo estão em nós.Com, Gustavo Barros, Hamilton Felix, Igor Vieira, Luiz Oliveira, Malcolm Matheus, Marcel Anselmé, Marina Giunti ou Shamara Bacelar, Thaís França, Victoria Oggiam. Cenas a 37 - Alex Soares trata da livre apropriação dos personagens da obra Cenas de Família, coreografia de Oscar Araiz remontada em 1978 para o Balé da Cidade, para assim representar o deslocamento destes personagens três décadas depois, com seus problemas, conflitos e reencontros a partir da morte de um membro importante da família. Com, Ariany Dâmaso, Bia Nunes, Bruno Gregório, Cleber Fantinatti, Erika Ishimaru, Eugênia Granha, Fabiana Ikehara, Fabio Pinheiro, Fernanda Bueno, Jaruam Miguez, Leonardo Hoehne Polato, Marcos Novais, Simone Camargo, Vivian Navega Dias, Yasser Díaz.

Serviço: Sesc Pinheiros (Teatro Paulo Autran), R. Paes Leme, 195, tel. 3095-9400. Sexta (27) e sábado (28) às 21h e domingo (29) às 18h.
Ingressos: R$ 40 e R$ 20 (meia).

 

Samba

Maurício Pazz, junto com Lucas Brogiolo da Silva, Felipe Siles e João Taubkin, apresentam um repertório rico, composto de Jacob do Bandolim, Pixinguinha, Altamiro Carrilho e outros artistas.

Serviço: Centro Cultural da Penha, Lgo do Rosário, 20, Penha, tel. 2295-0401. Sábado (28) às 21h. Entrada franca.

Reflexões

PROGREDIR Se queres melhorar na vida e pela vida, deves observar o seguinte: Cuida de ti mesmo; procura orar sempre. Examina como andas, todos os dias. Vê o semelhante como a ti mesmo, filho do mesmo Pai. Trabalha sempre honestamente. Conversa somente o necessário. Respeita o direito alheio. Compreende teus deveres. Não te irrites com simples conversa. Busca o livro que lembra o Cristo como fonte, onde podes saciar a sede. Não esqueças o dever diário. Comunga com o bem em todos os aspectos do amor. Sempre quando possível, pratica a caridade. Esquece os vícios. Não deves lembrar-te dos hábitos incômodos. Perdoa sempre. Não deves irritar aos outros com assuntos banais. Ama com Jesus, que esse amor é a mesma verdade. Somando tudo isso, poderás sentir a tranquilidade na consciência, de modo que a alegria pura invada o teu coração com tal intensidade que poderás falar: eu e o Cristo somos um.
(Página recebida em 07/01/88, na Sociedade Espírita Maria Nunes, Belo Horizonte, MG)

José Grosso (De “Páginas Esparsas 3”, de João Nunes Maia, pelo Espíritos Scheilla e José Grosso).

Releituras

Duo Entrecordas apresenta uma mescla de gêneros musicais ligados ao universo do violão, como a bossa nova e o samba e outros próprios da viola, como guarânias, rasqueados e baiões, o duo é formado por Laura Campanér (Violão e viola) e Raquel Martins (baixolão), toca releituras de temas dos mais variados autores brasileiros, explorando em seu repertório a diversidade de estilos. Entre as canções do trabalho estão Água de beber (Tom Jobim/Vinícius), Roda Viva (Chico Buarque), Gente Humilde (Garoto) e Maria Maria (Milton Nascimento/Fernando Brant), soladas no violão e Comitiva Esperança (Almir Sater), Trenzinho do Caipira (V. Lobos) e Tristezas do Jeca (Angelino Oliveira), estas soladas na viola.

Serviço: Sesc Carmo,
R. do Carmo, 147, Centro.tel. 3111-7000.
De segunda a sexta Quinta (19) e sexta (20) às 12h15.
Entrada franca.

 

Casamento do samba

casamento temporarioAzymuth e Amilton Godoy Trio.

60 anos de samba jazz apresenta mais uma rica faceta do samba, por meio de um show de forte acento jazzístico. No espetáculo, Azymuth e Amilton Godoy Trio lançam seu olhar sobre o casamento do samba com gêneros como jazz, funk e a bossa nova -- os dois trios tocam ora juntos, ora separadamente, numa formação singular de dois pianos, duas baterias e dois baixos. Amilton Godoy Trio e Azymuth recebem como convidado especial João Parahyba, membro fundador do Trio Mocotó e reconhecido como um dos precursores do samba rock e parceiro de Jorge Ben Jor por longa data.

Serviço: Sesc Pinheiros (Teatro Paulo Autran),
R. Paes Leme, 195, Pinheiros, tel. 3095-9400.
Sexta (20) às 21h.
Ingresso: R$ 40.

 

A Confissão

A lembrança de uma antiga namorada revela novidades quando dois amigos se reencontram após anos de afastamento e resolvem esclarecer um segredo bem guardado, um fato que parecia esquecido, mas que ainda pode transformar suas vidas em um perigoso acerto de contas é o mote da peça A Confissão. Vince, Jon e Amy são três amigos de colégio que se reencontram depois de dez anos. Um assunto mal resolvido vem à tona trazendo ressentimentos e acusações em meio a uma tensão sexual mal resolvida. Aos poucos cada um é provocado a revelar segredos, deixando transparecer sua verdadeira natureza. Três versões de uma mesma história colocam em cheque o passado dessas personagens. Com Ângelo Paes Leme, Silvio Guindane, Isabel Guéron e Anna Sophia Folch.

Serviço: Sesi Mauá,
Av. Presidente Castelo Branco, 237, Jardim Zaíra, Mauá, tel. 4542-8950.
Sábado (21) às 20h e domingo (22) às 19h.
Entrada franca.

 

Ó do Forró

forro temporarioGrupo Ó do Forró

O grupo Ó do Forró apresenta composições próprias, carregadas de influências dos grandes mestres do forró como Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Dominguinhos, Mestre Camarão, Trio Virgulino e Trio Nordestino, entre outros. O grupo mostra autenticidade ao unir as sonoridades clássica e contemporânea que vai além do forró, buscando inspiração também nas trilhas do rock, da MPB e da poesia. Entre as músicas do roteiro, destaque para “Zé Povinho”, “Começaram a gritar (Bate Coxa)”, “Me Chamo Forró”, “A Vida é Uma Dança” e outras. Com os integrantes, Álvaro Oliveira (sanfona), Jorge Silva (cavaco), Adan Oliveira (zabumba) e Sivaldo Fernando (triângulo).

Serviço: Sesc Campo Limpo,
R. Nossa Senhora do Bom Conselho, 120, Campo Limpo, tel. 5510-2700.
Domingo (22) às 18h.
Entrada franca.

 

Especiarias

A cozinha é o cenário onde a atriz prepara os pratos enquanto fala o texto no drama Salamaleque. O público é convidado a sentar-se à mesa e compartilhar das muitas histórias de vida trazidas junto com aromas, cores e temperos das especiarias da culinária árabe. No final do espetáculo, os quitutes são servidos para a plateia. Com Alejandra Sampaio e Kiko Marques. Atriz: Valéria Arbex.

Serviço: Instituto Cultural Capobianco,
R. Álvaro de Carvalho, 97, Centro, tel. 3237-1187.
Sábados e domingos às 16h.
Entrada franca. Até 26/04.


Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171