ESALQ abre inscrições para concurso Ciência para a Paz

@A Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (USP/ESALQ) abre as inscrições para o Desafio “Ciência para a Paz”. A iniciativa integra o projeto temático, de mesmo nome, que tem como base a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, que norteia ações e programas das Nações Unidas e de seus países membros rumo ao desenvolvimento sustentável, e com o foco em princípios de ciência e de cidadania. (Acesse o site do Projeto: http://www.esalq.usp.br/cienciaparapaz/). O Desafio está formatado como concurso, nas categorias “Frases”, “Fotos” e “Tirinhas”, e conta com apoio da Prefeitura do Campus USP “Luiz de Queiroz”, do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA) e Centro de Tecnologia da Informação “Luiz de Queiroz” (CeTI-LQ). As inscrições poderão ser realizadas pela internet até 31 de agosto de 2017.

NVIDIA lança plataforma de placa de vídeo Volta

@A NVIDIA anuncia Volta™ – a arquitetura de computação de placa de vídeo mais poderosa do mundo, criada para impulsionar a próxima onda de avanços em inteligência artificial e computação de alto desempenho. A empresa informa também a chegada de seu primeiro processador baseado em Volta, a placa de vídeo de data center NVIDIA® Tesla® V100, que traz extraordinária velocidade e escalabilidade para a inferência e treinamento de AI, bem como para acelerar HPC e cargas de trabalho de gráficos.

Plataforma Edge-to-Cloud Metropolis para análise de vídeos

@A NVIDIA anuncia a plataforma de análise de vídeo inteligente da NVIDIA Metropolis™. A Metropolis torna as cidades mais seguras e inteligentes aplicando deep learning a transmissões de vídeo para aplicações como segurança pública, gerenciamento de trânsito e otimização de recursos. Mais de 50 empresas parceiras da NVIDIA para cidades de AI já estão oferecendo produtos e aplicativos que usam deep learning em placas de vídeo, muitos dos quais estiveram em exibição esta semana na GPU Technology Conference.

NVIDIA treinará 100 mil desenvolvedores em deep learning em 2017

@Para atender à demanda crescente por especialização no campo de AI, a NVIDIA (NASDAQ: NVDA) anuncia que planeja treinar 100 mil desenvolvedores este ano, um aumento 10 vezes maior em relação a 2016, por meio do NVIDIA Deep Learning Institute. A empresa especializada em análises IDC estima que 80% de todos os aplicativos terão um componente de AI até 2020. O NVIDIA Deep Learning Institute fornece aos desenvolvedores, cientistas de dados e pesquisadores treinamento prático sobre o uso das mais recentes ferramentas e tecnologia da AI. Além dos workshops conduzidos por instrutores, os desenvolvedores têm acesso sob demanda ao treinamento sobre a tecnologia de deep learning mais atual, usando software da NVIDIA e as instâncias de alto desempenho na nuvem de placa de vídeo EC2 P2 da Amazon Web Services (AWS).

Mais Lidas