Ensine, aprenda e ganhe asas!

Existem várias competências que fazem de uma pessoa um líder, hoje falarei especificamente de uma delas, o qual percebo que é um desafio para lideres jovens e também para aqueles que possuem mais quilometragem na função

Delegação é uma habilidade muito falada, mas pouco aplicada, pois ela exige investimento de tempo, dedicação e paciência, pois basicamente trata-se de um processo de desenvolvimento e empoderamento da equipe.

Alguns podem pensar, vou dar poder a minha equipe, para eles serem melhores do que eu? Sim, esta é a ideia, por isso é importante que o líder expanda seus conhecimentos, para que possa se dedicar a atividades mais estratégicas, possibilitando que utilize sua habilidade de planejamento, inovação, empreendedorismo, entre outras competências que às vezes ficam na gaveta, pela falta de tempo. E você deve estar se perguntando, como quebrar este ciclo? Desenvolvendo sua equipe!

Você ganhará mais destaque, visibilidade, pois a partir do momento que se tem uma equipe mais fortalecida e que assuma mais responsabilidades, o líder ganha asas para voar mais alto, deixa de enxergar uma única árvore para enxergar a floresta, ou seja, conquista a oportunidade de atuar de forma mais estratégica.

Quando o líder delega, ele não está simplesmente repassando tarefas, ele está transmitindo conhecimento e confiança, e é neste momento que sua equipe ganha mais maturidade e começa se desenvolver e se engajar com os resultados almejados. Portanto, é importante compreender que agora como líder o resultado não virá mais através do esforço individual, e sim através do grupo, ou seja, os resultados serão atingidos com e através das pessoas.

andressa miiashiro

Andressa Miiashiro
É Diretora da Lótus Talentos, Consultora e Coach certificada internacionalmente pelo IBC. Psicóloga, Pós Graduada em Psicodrama – PUC.

Quanto mais forte for a equipe, maior será a força do líder, pois assim terá oportunidade de desbravar caminhos ainda não conhecidos, terá o glorioso tempo para pensar, planejar, desenvolver projetos, propor soluções, atuar de forma ativa e não reativa, como vemos comumente no dia a dia.

Delegar consiste em ensinar, baixar o crivo da perfeição e entender que o erro faz parte do processo de aprendizagem de qualquer ser humano, ou seja, é entender e aceitar que a sua equipe não tem o papel de fazer cópia e cola do que diz, eles desejam colocar também seu toque pessoal no que fazem, e quem sabe, se você permitir, eles lhe surpreenderão positivamente, e farão algumas tarefas melhor que você, e se isso acontecer? Fique feliz e não inseguro!

E lembre-se delegar não é delargar, ou seja, passei a bola e não é mais problema meu. Acompanhe sua equipe, em seus avanços e também em suas dificuldades, veja como eles podem ser ainda melhores, terem mais performance. Por outro lado, centralizar, e abraçar atividades eternamente como um escudo de proteção, não fará que se destaque mais, e sim fará que pare no tempo, e seja engolido pelo operacional.

Enfim, compartilhe conhecimento, ensine, aprenda, troque, pois certamente expandirá seus horizontes e fará de você um líder ainda muito mais realizado e admirado.

banner lotus

Para anunciar nesta coluna ligue (11) 3106-4171 e fale com Lilian Mancuso

Mais Lidas