Saber dar e receber feedback de maneira adequada é uma das competências profissionais que garantem empregabilidade

Ao receber feedback, você ganha em evolução

Ao fornecer, ganha em respeito e consideração.
Não se trata de opiniões que expressem sentimentos ou julgamentos, mas sim um retorno construtivo que valide ou invalide resultados, com base em parâmetros claros, objetivos e verificáveis, que oriente e permita o reposicionamento de ações, visando ajudar pessoas a se tornarem melhores profissionais em todos os níveis.

Baseado em fatos concretos e específicos, é um processo de ajuda para o desenvolvimento, que ocorre por meio do fornecimento de informações cruciais e oriundas de profunda análise, visando a excelência do desempenho.

Está relacionado ao processo ensino-aprendizagem e deve ser utilizado quando alguém necessita reforço para atuações positivas; quando são verificadas formas inadequadas de trabalho que precisam ser modificadas, ou quando se fazem necessárias novas orientações.

O feedback ideal segue uma regra bem simples: contexto + exemplos + impactos + sugestões.

rubia pompeo

Rubia Pompêo
Sócia-Diretora da WE-Assessoria, é Consultora Organizacional, Psicóloga Clínica e Psicodramatista. O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Se for dar feedback, agende a conversa com antecedência e escolha com cuidado o local mais adequado, onde seja possível estarem a sós, para evitar constrangimentos. Inicie em tom agradável e respeitoso, relembre os resultados esperados, elenque aspectos positivos de forma sincera. Depois exponha, com clareza e objetividade, os pontos onde, na sua opinião, existem possibilidades de melhorias. Trate exclusivamente de aspectos referentes ao trabalho e jamais fazendo comparações com outras pessoas. Apresente exemplos de mudanças que podem ser feitas para atingir um melhor resultado, troque ideias e proponha um plano de ação conjunto, focado nas novas diretrizes. Agende novo feedback para análise de facilidades e dificuldades na implantação do plano de ação.

Ao receber feedback, desative o mecanismo de defesa, expanda a receptividade, lembre-se que se está recebendo feedback é porque apostam em você. Demonstre interesse, concentre-se nos fatos, não permita que emoções desviem seu entendimento, entenda as críticas como possibilidades de evolução. Perceba que algumas coisas que estão sendo ditas podem ter passado despercebidas no seu dia a dia. Pergunte, não interprete o que não ficou claro, sai do mundo das suposições, não tire conclusões precipitadas, atenha-se aos fatos. Solicite exemplos de como os pontos elencados podem ser corrigidos e, se discordar de algo, argumente com clareza, delicadeza e respeito. Não se justifique, não se esquive de responsabilidades. Assuma os compromissos de melhoria, agradeça a oportunidade de receber orientações e solicite agendamento de novo feedback para análise das facilidades e dificuldades na implantação do plano de ação.

Feedback é um ato de amor, um presente recheado de capacitação contra a estagnação.

Desejo bom trabalho e infinitas melhorias!

Para anunciar nesta coluna ligue (11) 3106-4171 e fale com Lilian Mancuso

Coordenação: Lilian Mancuso e Rebeca Toyama

Mais Lidas